André Silva diz que o único confirmado no Mundial de 2018 é Cristiano Ronaldo

20 Mar 2018 / 00:44 H.

O avançado André Silva afirmou ontem que não se sente indiscutível para o seleccionador Fernando Santos e que terá de trabalhar para estar no Mundial de futebol, de 2018, considerando que só Cristiano Ronaldo tem presença assegurada.

“Ainda temos os jogos amigáveis [frente a Egipto e Holanda]. Ainda vamos preparar esses jogos e é nisso que estamos focados. Os [jogadores] que estão aqui não sabem se vão estar no Mundial, só o Cristiano Ronaldo, os restantes vão ter de trabalhar”, começou por lembrar.

À margem da 3.ª Gala Quinas de Ouro, em que a Federação Portuguesa de futebol distingue os melhores do ano de 2017, o ponta de lança do AC Milan reconheceu que os últimos dois golos marcados ao Génova e ao Chievo na Liga italiana, que valeram triunfos aos milaneses, o colocam “num nível alto”, mas salientou o “longo caminho que tem a percorrer”.

Na frente de ataque ‘rossoneri’, o antigo ponta de lança do FC Porto, tem a companhia de Suso, Cutrone Kalinic, jogadores que somam mais minutos que o português. Ainda assim, André Silva sublinha que nem sempre é fácil chegar a um país diferente e vencer no imediato.

“Penso que estou no caminho certo para a minha carreira e para o meu futuro. Todo o futebol é diferente em cada país e é preciso habituar-se às diferenças e continuar a trabalhar. De todos os caminhos que pudesse ter tomado este é passo certo, porque é este e difícil e torna-me um jogador mais completo”, explicou.

Por fim, comentou a luta renhida pelo titulo nacional em Portugal, esperando que o FC Porto saia vencedor.

“Sou portista. Quero que o Porto vença, está em primeiro lugar, e acredito que vai terminar em primeiro lugar. Há muitas finais pela frente e sei que vão tentar de tudo para acabar com vitórias”, terminou.