Agressões no Sporting em destaque na imprensa internacional

15 Mai 2018 / 20:58 H.

A agressão de alegados adeptos do Sporting a jogadores e treinadores do clube é notícia nas principais publicações internacionais, que falam em tarde de “terror” no treino dos ‘leões’, na Academia de Alcochete.

No seu site, o jornal espanhola A Marca faz mesmo manchete com o que aconteceu à equipa principal do Sporting, com a fotografia das lesões de Bas Dost, falando numa invasão dos “adeptos radicais” do clube, insatisfeitos com as recentes exibições dos jogadores.

Em Itália, a Gazzetta dello Sport também faz destaque na sua primeira página às agressões em Alcochete, no que diz ser a “fúrias dos Ultra” do clube, depois da qualificação falhada para a Liga dos Campeões da próxima época.

“Ultras invadem treino e agridem jogadores e treinadores”, lê-se na publicação transalpina.

No L’Equipe, entre as noticias de antecipação para a final da Liga Europa, entre Marselha e Atlético Madrid, a publicação francesa arranja espaço para contar que “jogadores do Sporting foram agredidos” após a invasão de adeptos ao centro de treinos.

Em Inglaterra, a BBC Sport noticia os acontecimentos de Alcochete e destaca a reação oficial do clube: “o Sporting não é isto, não pode ser isto”.

As agressões de Alcochete também viajaram até à América do Sul, com o Tyc Sports, da Argentina, a dar sobretudo destaque a Acuna e Battaglia, jogadores que estão pré-convocados para o Mundial2018, enquanto o Globoesporte, do Brasil, realça as marcas que ficaram na cabeça de Bas Dost.

A fotografia do avançado holandês aparece igualmente no site da ESPN, com o jornal norte-americano a dar destaque ao que aconteceu em Alcochete, na sua página dedicada ao ‘soccer’.

Cerca de meia centena de indivíduos, de cara tapada, alegadamente adeptos ‘leoninos’, invadiram hoje a Academia de Alcochete e, depois de terem percorrido os relvados, chegaram ao balneário da equipa principal, agredindo vários jogadores, entre os quais Bas Dost, Acuña, Rui Patrício, William Carvalho, Battaglia e Misic, assim como o treinador Jorge Jesus.

Fonte da GNR confirmou à Lusa estar a proceder à “identificação presencial de indivíduos que presumivelmente estiveram envolvidos” na ocorrência, recusando confirmar se foram efetuadas detenções no local ou nas imediações.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Desportivo das Aves.

Outras Notícias
  • 1
    $tempAlt.replaceAll('"','').trim()