Homens que ficaram soterrados chegam ao hospital com traumatismos

13 Set 2017 / 13:40 H.

Dois homens que ficaram soterrados quando trabalhavam numa obra na Madalena do Mar já deram, esta quarta-feira, entrada no serviço de urgências do Hospital Dr. Nélio Mendonça, com traumatismos e escoriações várias.

O acidente de trabalho aconteceu na manhã desta quarta-feira, quando pedras da parede que estavam a construir desabaram sobre ambos, numa obra particular próximo da Igreja da Madalena do Mar. Os trabalhadores ficaram quase totalmente soterrados pelas rochas, mas conscientes.

Os Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava seguiram para o local e transportaram os trabalhadores para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal. Além dos referidos traumatismos e escoriações, as vítimas estão, aparentemente, estáveis.

A equipa de bombeiros, com duas ambulâncias e um carro de desencarceramento, regressou ao quartel pelas 14h00.

Apesar da zona já estar segura, porque as pedras caíram na totalidade, o acesso ao local foi proibido. Agora, a Inspecção-Geral do Trabalho deverá investigar as causas do acidente.

Ao que o DIÁRIO apurou, o terreno em causa é privado.

Outras Notícias