GNR apreende em Pinhel vestuário contrafeito avaliado em 33 mil euros

Guarda /
30 Nov 2016 / 17:09 H.

A GNR anunciou hoje a apreensão, no concelho de Pinhel, distrito da Guarda, de 612 peças de vestuário e de calçado, alegadamente contrafeitas, no valor de 33.310 euros, e a identificação de seis vendedores ambulantes.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que os artigos foram hoje apreendidos durante uma acção de fiscalização realizada no recinto da feira anual de Pínzio, no concelho de Pinhel.

Segundo a GNR, foram apreendidos fatos de treino, blusões, camisolas, calças e calçado de diversas marcas conhecidas no mercado, que estavam expostos para venda.

No decorrer da operação, seis vendedores ambulantes do distrito da Guarda, que estavam na posse da mercadoria supostamente contrafeita, foram identificados e constituídos arguidos.

A operação de fiscalização realizada no recinto da feira de Pínzio envolveu cerca de 20 militares do Destacamento de Intervenção e do Destacamento Territorial da GNR da Guarda.

Os artigos apreendidos e o respectivo expediente foram remetidos ao tribunal da comarca de Pinhel.

Este ano, a GNR da Guarda já apreendeu no distrito cerca de 2.500 artigos supostamente contrafeitos (calçado, vestuário, perfumes, acessórios de moda, malas de senhora, entre outros), avaliados em 100 mil euros.

A mercadoria foi detectada em dez acções de fiscalização realizadas em feiras e em operações rodoviárias, indicou a fonte.

Tópicos