Fugiu do Hospital do Funchal por três vezes e está desaparecido desde a madrugada de ontem

12 Ago 2018 / 11:33 H.

Ricardo Câmara, de 46 anos, encontra-se desaparecido desde a madrugada do passado sábado. O homem, residente na Bemposta, em Água de Pena, fugiu do Hospital Dr. Nélio Mendonça por volta das 3 horas da manhã e desde então nunca mais foi visto.

O caso já foi comunicado à Polícia de Segurança Pública (PSP), que está agora a efectuar diligências para encontrá-lo. A família garante que também já o procurou “por tudo quanto é sítio”, mas que até ao momento ninguém sabe do seu paradeiro.

Segundo a sobrinha, Márcia Fernandes, o homem sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) na manhã de sexta-feira, quando estava a conduzir. A vítima perdeu o controlo da viatura e embateu num carro que estava estacionado na Escola Horácio Bento Gouveia, tendo sido socorrida no local pelos Bombeiros Sapadores do Funchal, que o transportaram de ambulância para o Serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça. Enquanto aguardava pela sua vez, o homem fugiu do local sem dar qualquer explicação.

Por volta das 17 horas foi encontrado inconsciente e com vários hematomas na cara junto à mesma escola. Ricardo Câmara foi novamente levado para o hospital, mas colocou-se em fuga pela segunda vez.

O homem foi encontrado de madrugada na via rápida e, pela terceira vez, foi transportado para o Hospital Central do Funchal, de onde voltou a fugir. Desde então nunca mais deu notícias.

A família pede a quem tenha alguma informação para contactar a PSP ou o número 964140519. Sabe-se que no dia em que desapareceu Ricardo Câmara vestia umas calças de fato de treino pretas com riscas vermelhas, uma camisola vermelha e umas sapatilhas brancas da marca adidas.

Outras Notícias