Familiar de finlandês desaparecido já chegou à Madeira

Família mantém esperança de o encontrar vivo

14 Jan 2018 / 12:39 H.

Um cunhado de Ari Ahonen, o cidadão finlandês de 35 anos que se encontra desaparecido na Madeira desde a noite da passada sexta-feira, acabou de chegar à Região para se inteirar da situação, informou um familiar da vítima nas redes sociais.

No mesmo ‘post’, garante que a criança de sete anos que estava de férias com o pai na Madeira “está em segurança”, aos cuidados da operadora turística TUI, à qual agradece toda a dedicação que tem tido com o menino.

Dois dias após o seu desaparecimento a família mantém a esperança de encontrá-lo com vida e pede às pessoas que mantenham “os olhos abertos no Funchal”.

Recorde-se que, tal como foi noticiado na edição impressa do DIÁRIO de hoje, Ari Ahonen estava hospedado num Hotel do Funchal. O DIÁRIO contactou ontem esta unidade hoteleira, que se recusou a prestar declarações sobre os hóspedes.

Tópicos

Outras Notícias