Jardim regressa ao passado no Porto Santo

Ex-presidente passa férias na ‘casa do governo’ em que sempre ficou

12 Ago 2017 / 09:27 H.

Alberto João Jardim já não é presidente do Governo nem as casas são geridas pelo actual executivo madeirense, mas o certo é que o tempo voltou para trás no Porto Santo.

Jardim chegou ontem à noite à ilha vizinha para gozar o habitual período de férias e para espanto de alguns hospedou-se na ‘casa do governo’ em que sempre ficou, mas que está agora concessionada ao Grupo Sousa.

O DIÁRIO apurou que antigo presidente do governo é convidado de Luís Miguel Sousa e que logo à chegada ficou visivelmente agrado com a qualidade da recuperação feita na casa e com o conforto que o espaço que bem conhece oferece.

Em Setembro do ano passado, o Governo Regional decidiu entregar a exploração das ‘casas do governo’ no Porto Santo, ao Grupo Sousa de Luís Miguel de Sousa.

A concessão deve-se ao facto de o Grupo Sousa ter sido o interessado que apresentou a proposta de maior valor: 2.510 euros mensais.

O primeiro procedimento para concessão, por dois mil euros, ficou deserto. Mas, depois da manifestação de interesse, por parte de uma entidade, que se dispunha a pagar mil euros pelas duas casas, foi aberto um segundo procedimento que contou com 13 interessados.

As casas devem ser utilizadas para alojamento local e a concessão deve render 550 mil euros, no final do contrato de 15 anos.

Outras Notícias