último comentário

Nota mais baixa de entrada em Medicina foi na Universidade da Madeira (UMa)

Divulgados resultados da primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior

18/09/2011 00:02
Lusa
4 comentários
Ferramentas
+A  A  -A
Interessante
Achou este artigo interessante?
 

Notas mínimas mais altas em Medicina registaram-se nos cursos da Universidade do Porto

A nota mínima de entrada em Medicina subiu este ano para 18 valores, mais um do que no ano passado, indicam os dados do Ministério da Educação e Ciência (MEC).
De acordo com os resultados da primeira fase do concurso nacional de acesso ao Ensino Superior, a nota mais baixa de entrada em Medicina, o curso que tem das médias mais altas a nível nacional, foi 18,02 (em 20), no acesso ao Ciclo Básico de Medicina da Universidade da Madeira.
No ano passado, o mesmo curso teve nota mínima de entrada de 17,82.
As notas de acesso mais altas verificaram-se nos cursos de Medicina da Universidade do Porto: 18,63 na Faculdade de Medicina e 18.55 no Instituto de Ciências Médicas Abel Salazar.
Na Universidade do Minho registou-se a terceira nota mais alta para entrada no curso de Medicina: 18,45.
Para entrar no curso da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, a nota mínima foi 18,35, enquanto em Lisboa a nota mais baixa que permitiu aceder ao curso foi 18,2, na Universidade de Lisboa e 18,12, na Universidade Nova.
Segundo dados do MEC, ficaram colocados 42.243 alunos, o que representa 91 por cento das 46.636 candidaturas válidas.

4

Comentários

Este espaço é destinado à construçăo de ideias e à expressăo de opiniăo.
Pretende-se um fórum construtivo e de reflexăo, năo um cenário de ataques aos pensamentos contrários.

10
updown

Na minha perspetiva o bom doutor, será aquele que contempla um bom relacionamento com os seus doentes, com seus colegas de trabalho, não deixando de ser um bom profissional. De que vale ter 18 e até mesmo um 19 (sabendo de cor a matéria), e não sabe aplica la?! penso que não é nos valores que vemos a qualidade de serviço, mas sim no trabalho.

13
updown

...as medias não fazem o bom profissional, tenho a certeza que alunos com medias de 12, 13, 14, 15, etc, dariam até melhores médicos, o que interessa é a motivação e o gosto pelo curso, inclusive alguns de 11 poderiam terminar o curso com 19...numeros apenas que não fazem a pessoa, e por si só não classificam de bom ou suficiente...conheço um que entrou com media de 11 em Espanha hoje em dia é um medico de 20...

-1
updown

Universidade da Madeira
-Até que enfim,uma boa noticia Com a chegada dos novos alunos vêem novas ideias;
- Para renovação das velhas mentes

-8
updown

Por isto se vê, também, a falta de rigor das instituições públicas na Madeira. Não se dá valor ao esforço, sem recurso a facilitismos.

O nome que será apresentado como autor do comentário.
O conteúdo deste campo é privado e não será exibido publicamente.

Outras relacionadas...

10:01

"Podem contar comigo para a Mudança na Região"

Entrevista com Paulo Cafôfo, presidente da Câmara do Funchal
Ontem, 17:34

137 escolas da Madeira premiadas pelas boas práticas ambientais

Hoje e amanhã decorre no Funchal o VIII Encontro Regional Eco-Escolas

Espaço participação

Que soluções para melhorar a mobilidade nas regiões insulares?

Quais as estratégias e as opções políticas a seguir em termos de transportes marítimos e aéreos?