Suspeita de um madeirense de 40 anos infectado no Hospital do Funchal

02/06/2011 22:23
Lusa
2 comentários
Foto: Arquivo
Etiquetas
bactéria, pepino
Ferramentas
+A  A  -A
Interessante
Achou este artigo interessante?
 

Um doente que esteve na Alemanha está internado no hospital dr. Nélio Mendonça, no Funchal, com suspeita de infecção pela bactéria E.coli, desconhecendo-se ainda a estirpe, disse hoje à Lusa o diretor clínico da unidade de saúde.

Segundo o médico Miguel Ferreira, o doente, de 40 anos, "é madeirense, residente na Madeira e esteve recentemente na Alemanha numa missão laboral".

Adiantou que foi observado nesta unidade hospitalar do Funchal inicialmente com uma gastroenterite, um quadro que evoluiu para um "abcesso apendicular" (apendicite) e "quando começaram a surgir as notícias destes casos foi feita a análise, tendo-se confirmado que era a bactéria".

"Tudo faz pensar que se possa configurar uma situação destas, mas estamos a aguardar a confirmação do Instituto Ricardo Jorge para saber se é daquela estirpe" que está a causar problemas na Europa, principalmente na Alemanha, acrescentou o responsável clínico.

Admitiu que, "pela história clínica do doente, poderá ser um dos casos" de infecção pela bactéria E.coli, garantindo que a situação do paciente "está em boa regressão".

A Direção-Geral da Saúde afirmou hoje que há três doentes em observação com suspeita de infeção pela bactéria E.coli, provenientes da Alemanha, que estão a ser sujeitos a exames.

Um surto infeccioso da bactéria Escherichia coli (E.coli) foi detetado na Alemanha na semana passada, tendo entretanto provocado 18 mortos e afetado milhares de pessoas. Morreram 17 pessoas na Alemanha e uma na Suécia.

Apesar de as autoridades terem inicialmente atribuído o surto à contaminação de pepinos espanhóis, a origem da infeção continua desconhecida. A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou tratar-se de uma nova estirpe nunca antes detetada da bactéria.

O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) está a analisar várias dezenas de amostras de legumes, principalmente pepinos, alfaces, curgetes e pimentos, para detetar a presença da bactéria.

 

2

Comentários

Este espaço é destinado à construçăo de ideias e à expressăo de opiniăo.
Pretende-se um fórum constructivo e de reflexăo, năo um cenário de ataques aos pensamentos contrários.

-3
updown

meus senhores ate prova de contrario o reu é inocente, por isso deixem-se de expeculaçoes porque com ela estam a por em risco quem trabalha honesto e serio , no minimo é estranho pesquisem e so depois divulguem.

-5
updown

Esta situação é, de facto, muito estranha. Porquê o pepino? Haverá algum interesse económico oculto em provocar uma situação destas, a nível mundial, com este ou outros vegetais? Vejam
todos os prejuízos que já se estão a registar por aí fora...

O nome que será apresentado como autor do comentário.
O conteúdo deste campo é privado e não será exibido publicamente.

Outras relacionadas...

22/07 07:01

"Vamos para a 'Madêra', que a festa 'tá' 'manêra'", diz Gabriel O Pensador

O rapper do Brasil colocou um curto vídeo no Youtube onde fala sobre o concerto do próximo dia 26, no NOS Madeira Summer Opening
21/07 18:11

Concerto no miradouro do Cabo Girão

Orquestra de Bandolins da Casa da Cultura de Câmara de Lobos deu espectáculo no domingo

Espaço participação

Que análise faz ao estado do sector da saúde na Região?

Faltam vacinas e medicamentos, há razia na ortopedia e noutros serviços, tudo gira em torno do hospital e de uma ampliação contestada. Que importa mudar no sistema? O que falha na organização?