Secretaria de Educação cria projecto inédito para a comemoração e promoção dos cordofones tradicionais madeirenses

26 Jan 2018 / 15:25 H.

A Secretaria Regional de Educação / Direcção Regional de Educação, pretende pôr em prática um projecto inédito que visa a comemoração e promoção dos cordofones tradicionais madeirenses. Intitulado ‘aCORDE! – na promoção dos cordofones tradicionais madeirenses’, este evento será operacionalizado pela Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM) e decorrerá na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, entre os dias 29 de janeiro e 3 de fevereiro.

Este projecto pretende ser o indutor para que seja criado o Dia Regional dos Cordofones Tradicionais Madeirenses, a 4 de Fevereiro, como forma de homenagear o autor Carlos Santos - com a data da publicação do seu livro ’Tocares e cantares da ilha’ em 1937. A definição de um dia específico para abordar esta temática trará uma maior consciencialização da população sobre a importância de preservação e divulgação dos cordofones tradicionais madeirenses, reforçará o turismo cultural e científico-pedagógico, consagrará e salvaguardará a história dos cordofones tradicionais madeirenses, enaltecerá e motivará os artistas que criam, executam e compõem para estes instrumentos e defenderá a sua origem e a dos instrumentos que dele advêm, como o ukulele e o cavaquinho brasileiro.

À frente deste evento surge uma equipa de colaboradores da DSEAM que programaram uma semana dedicada aos cordofones tradicionais madeirenses, contando com o apoio de várias instituições e organismos. A Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, depois de apresentado o projecto, decidiu acolhê-lo no seu espaço, seguindo-se posteriormente o apoio de outras instituições ligadas ao ensino e divulgação dos cordofones tradicionais madeirenses, tais como o Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Associação Musical e Cultural Xarabanda, Associação Grupo Cultural Flores de Maio, Grupo de Folclore de Machico, Orquestra Clássica da Madeira – Associação Notas e Sinfonias Atlânticas, entre outras.

Neste evento, o público poderá assistir a vários momentos musicais, lançamento de edições e conferências, visitar a exposição sobre a temática e as escolas poderão frequentar workshops de prática instrumental.

PROGRAMA

29 Janeiro

14h30 – Abertura da exposição ‘aCORDE! – em defesa dos cordofones tradicionais madeirenses’ (patente de 29/01 a 03/02)

15h00 – Mesa-redonda: ‘Tocares e cantares da ilha: passado, presente e futuro’, com Paulo Esteireiro, Mário André Rosado, Vítor Sardinha e Roberto Moniz | moderação de Duarte Rebolo

16h00 – Apresentação do livro ‘Si que Brade – repertório’

16h30 – Concerto interactivo com Si Que Brade e Escola Básica e Secundária da Ponta de Sol

30 Janeiro

16h00 – Conferência ‘A viola de arame - práticas e contextos’, por Vítor Sardinha

16h30 – Recital com alunos do Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira

31 Janeiro | 1 Fevereiro

14:30 às 15:30 – Workshop 1: ‘Prática dos Cordofones (iniciação)’

16:00 às 17:00 – Workshop 2: ‘Prática dos Cordofones (continuação)’

2 Fevereiro

17h00 – Recital ‘Cordofonistas de eleição’, com Roberto Moritz (braguinha), Roberto Moniz (rajão) e Vitor Sardinha (viola de arame)

17h15 – Entrega de prémios pelo secretário regional de Educação, Jorge Carvalho, e pelo presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, José Tranquada Gomes:

– Prémio ‘Carlos Santos’, pela promoção dos cordofones tradicionais madeirenses

– Prémio ‘Cândido Drumond de Vasconcelos’, pela interpretação dos cordofones tradicionais madeirenses

17h45 – Actuação de grupos de cordofones de escolas do 1.ºCEB e de associações culturais

3 Fevereiro

18h00 – Concerto ‘Madeira Camerata’ com solista Roberto Moritz (braguinha)