Festival ‘IndieLisboa’ arranca esta sexta-feira no Mudas

12 Jul 2018 / 18:59 H.

O MUDAS. Museu de Arte Contemporânea acolhe a extensão do Festival de Cinema IndieLisboa já a partir de amanhã, sexta-feira. A iniciativa está integrada na II Temporada do MUDAS.HOTsummer.

Esta iniciativa cumpre a estratégia do Governo Regional no que respeita à “maior diversificação, qualificação e atractividade da oferta ao público, neste espaço cultural, associando-o a diferentes expressões artísticas e afirmando, com isso, a crescente procura que tem vindo a ser registada, ao longo dos últimos anos”, conforme sublinha a Secretária Regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço.

“Estamos perante uma oportunidade de valorizarmos, conjuntamente, a criação nacional na área do cinema e do audiovisual, através da associação a um Festival que tem vindo a conquistar o seu espaço, quer no país quer no estrangeiro, trazendo, até nós, as obras e alguns dos autores portugueses que se destacaram este ano e que, durante este fim-de-semana, estarão em evidência, com sessões abertas ao público em geral”, refere em nota de imprensa.

A secção do Indie a apresentar este ano no MUDAS inclui, entre outras, projecções das peliculas Sollers Point, de Matt Porterfield (Longa metragem da secção Silvestre), Infância, Adolescência, Juventude, de Rúben Gonçalves (Longa Metragem vencedora da Competição Nacional Novíssimos), Baronesa, de Juliana Antunes (Longa Metragem vencedora do Grande Prémio e Prémio Especial do Júri da Competição Internacional) e, da secção Indie Music Matangi/Maya/M.I.A (Longa Metragem vencedora do Grande Prémio IndieMusic). Esta proposta integra também a projecção de uma selecção de curtas-metragens premiadas no certame deste ano.

Isto sem esquecer os mais novos que, à semelhança do ano transacto, terão a oportunidade de assistir a uma selecção de curtas da extensão júnior do Indie, a apresentar na primeira semana de Outubro.