Excerto de ‘llhas desconhecidas’ de Raúl Brandão traduzido em galego

13 Set 2017 / 15:38 H.

O livro ‘Viaxe á Illa do Corvo’, tradução galega de um excerto da obra ‘Ilhas Desconhecidas. Notas e Paisagens’, de Raúl Brandão, é apresentado quinta-feira no Parlamento da Galiza, com a presença da presidente Assembleia Legislativa dos Açores.

No ano em que se assinalam os 150 anos do nascimento de Raúl Brandão, é traduzido para galego um excerto do livro que relata as suas impressões de uma viagem aos arquipélagos dos Açores e da Madeira, em 1924, em que para além da beleza da natureza destaca a condição dos seus habitantes.

A apresentação é seguida da inauguração da exposição fotográfica ‘Açores Silêncio e Ser’, de Jorge Barros, que em 2012 ilustrou a obra ‘Ilhas Desconhecidas. Notas e Paisagens’.

Na sexta-feira, é organizada uma sessão literária e um concerto em honra dos escritores e poetas Antero de Quental, natural de Ponta Delgada, nos Açores, e Manuel Curros Enríquez, natural de Celanova, na Galiza, em que o poema ‘Zara’, de Antero de Quental, será interpretado em português e galego.

Segundo uma nota de imprensa da Assembleia Legislativa dos Açores, as iniciativas inserem-se num projecto de cooperação entre os dois parlamentos, iniciado em 2016, “atendendo às características comuns que estas duas regiões comportam, nomeadamente a raiz linguística”.

Em Julho do ano passado, foi inaugurada na sede da Assembleia Legislativa dos Açores a exposição ‘54 páxinas das nosas letras’ e foram apresentadas duas edições fac-símile de traduções para o galego dos autores açorianos Antero de Quental e Teófilo Braga.

A cooperação entre os dois parlamentos valeu o primeiro lugar da edição de estreia do prémio ‘Stars of Europe’, da Conferência das Assembleias Legislativas Regionais Europeias (CALRE).

A Presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Ana Luís, inicia a visita à Comunidade Autónoma da Galiza, na quinta-feira, acompanhada pelos vice-presidentes do Parlamento açoriano Dionísio Faria e Maia e Luís Garcia, bem como pelo professor Urbano Bettencourt, investigador do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade dos Açores.

A visita de dois dias inclui ainda audiências com o presidente da Junta da Galiza e com os presidentes das Câmaras Municipais de Santiago de Compostela e de Celanova, bem como visitas ao Porto Desportivo Juan Carlos I, ao Instituto Oceanográfico de Vigo, ao Conselho da Cultura Galega e ao Balneário Laias Caldaria.

Outras Notícias