Concerto interactivo junta ‘Si Que Brade’ e Escola da Ponta do Sol

24 Jan 2018 / 11:46 H.

O Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Educação/ Direcção Regional de Educação, implementa e apresenta, a nível regional, um ciclo de espectáculos interactivos integrados na sua Temporada Artística, cujo principal objectivo é “expandir o modelo artístico e desenvolver projectos de simbiose entre os grupos da Direcção de Serviços de Educação Artística e Multimédia (DSEAM) e diversas escolas da RAM.

Para a organização, “este tipo de eventos potencia as boas práticas desenvolvidas nas escolas, fomenta a criação de ‘pontes’ entre as diversas realidades e ambientes e, não menos importante, incentiva a interiorização de hábitos culturais por parte de toda a comunidade escolar”.

O primeiro espectáculo interactivo de 2018 junta em palco o grupo ‘Si Que Brade’ da DSEAM e os alunos da Escola Básica e Secundária da Ponta do Sol, no próximo dia 27 de Janeiro (sábado), pelas 20 horas.

Este concerto, com direcção artística de Roberto Moritz (Si Que Brade) e Duarte Inácio (EBSPS), juntará no palco do auditório do Centro Cultural John dos Passos, na Ponta do Sol, cerca de 30 músicos.

Será apresentado um repertório do cancioneiro da Madeira, tradicional e de autor, juntando-se a ele apontamentos de um conhecido fado cantado por Mariza e temas de Zeca Afonso e Deolinda.

Dos autores madeirenses seleccionados, destaque para Mário André (Banda d’Além), Manuel Rodriguez (ALMMA), Guilherme Órfão, Vítor Sardinha e Ricardo Rodrigues. Na primeira parte do concerto haverá espaço para atuações individuais dos dois grupos e, posteriormente, serão interpretados temas em conjunto.

A entrada é gratuita.