Ator Jim Carrey defende que utilizadores deviam apagar contas do Facebook

EUA /
08 Fev 2018 / 08:52 H.

O ator norte-americano Jim Carrey defendeu hoje na rede social Twitter que os utilizadores da rede social Facebook deviam apagar as respetivas contas, em protesto contra o facto de veicular “notícias falsas (fake news)”.

A estrela de filmes como “The Truman Show -- A Vida em Direto” e “Eternal Sunshine of the Spotless Mind -- O Despertar da Mente” escreveu no Twitter que vai vender as suas ações do Facebook e apagar a sua conta, porque a gigante tecnológica beneficiou da ingerência russa nas eleições presidenciais dos Estados Unidos de 2016, ao espalhar notícias falsas de origem russa, e ainda não está a fazer o suficiente para pôr fim à divulgação de “fake news”.

Carrey, de 56 anos, encorajou outros investidores e utilizadores a fazerem o mesmo e terminou o seu ‘tweet’ com a palavra-chave “unfriendfacebook” (”desamiguem o facebook”).

O Facebook ainda não reagiu ao ‘tweet’ do ator, mas o fundador e presidente (CEO) Mark Zuckerberg tem afirmado que travar o fluxo de desinformação está entre os principais objetivos da empresa.